Sexta, 26 de Novembro de 2021
°

-

Política Timon

Sem prestígio político Weverton Rocha discursa para cadeiras vazias em Timon.

Na plateia, cadeiras vazias “ouvem” o mesmo discurso de sempre, aquele que promete a volta de ações em setores estratégicos.

21/11/2021 às 18h04
Por: Ismael Leon Fonte: Blog da Dalvana Mendes
Compartilhe:
Sem prestígio político Weverton Rocha discursa para cadeiras vazias em Timon.

 

Desde janeiro de 2019, o senador Weverton Rocha (PDT)  vem apregoando pelos quatro cantos do estado que é líder de intenção de votos na disputa majoritária pelo Palácio dos Leões. Isso tudo na teoria.

 

No entanto, na prática, a realidade é bem diferente. Desde que lançou o movimento “Maranhão Mais Feliz”, o pedetista vem tendo a ‘infelicidade’ de ser rejeitado em eventos realizados em cidades comandadas por aliados.

 

Depois do pífio encontro de Pinheiro e do fracasso no município de Peritoró, a bola da vez foi em Timon.

 

Sem prestígio político com o eleitorado maranhense, a pré-candidatura de Weverton seguirá para as urnas levando todas as condições para obter um resultado negativo. Os indicativos de que o presidente do PDT no Maranhão constrói um projeto político/eleitoral frágil e sem consistência foram exibidos mais uma vez na noite deste sábado (20), na cidade timoense.

 

Na plateia, cadeiras vazias “ouvem” o mesmo discurso de sempre, aquele que promete a volta de ações em setores estratégicos e relembra as “glórias” dos tempos do velho Jackson na antiguidade política e administrativa do Maranhão.

 

O pedetista iniciou seu movimento de pré-campanha em Imperatriz, dando sequência nas cidades de São Bernardo do Maranhão, Presidente Dutra, Pinheiro, Peritoró e Timon. Em todos, projetou concluir o ciclo, com o apoio declarado a sua pré-candidatura de 80 prefeitos, mas nunca reuniu nem mesmo 12.

 

Inicialmente, a ‘Princesa da Baixada’ foi programada para fechar os encontros regionais, mas diante do revés de público e da rejeição de prefeitos e lideranças da região, resolveu fazer o evento em Peritoró e agora em Timon, que saiu pior do que a encomenda, comprovadamente pelas imagens e falta de informação de adesões.

 

E assim caminha o “Maranhão Mais Feliz” de Weverton, cada vez com cara de infeliz.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias