Sexta, 22 de Outubro de 2021
°

-

Esportes Recepção

Maicon ganha recepção da torcida após rescisão e chora: "Grêmio vai ficar na minha história"

Volante acertou saída do clube há uma semana e deu primeiras palavras ao desembarcar no fim da manhã desta segunda

06/09/2021 às 17h01
Por: Ismael Leon Fonte: Globo Esporte
Compartilhe:
Maicon é recepcionado com festa em Porto Alegre — Foto: Lucas Bubols
Maicon é recepcionado com festa em Porto Alegre — Foto: Lucas Bubols

Com festa da torcida gremista, Maicon desembarcou em Porto Alegre na manhã desta segunda-feira no Aeroporto Salgado Filho, após período no Rio de Janeiro. A recepção emocionou o volante, que chegou a chorar em meio a uma manifestação no locaol. A chegada ocorre uma semana após o jogador rescindir contrato com o Grêmio.

Maicon atravessou o saguão da área de desembarque por volta das 11h e demorou mais de 10 minutos para conseguir chegar no veículo. Houve aglomeração de torcedores e Os gremistas recepcionaram o agora ex-jogador do Grêmio com cantos de apoio e abraços.

O volante parou e acenou para os presentes no saguão, agradecendo a recepção proporcionada. Enquanto isso, muitos agradeciam aos gritos o ex-capitão.

— Dentro de campo tentei ser eles, peço desculpas por alguma vezes ter errado, mas sem dúvidas o Grêmio vai ficar para sempre no meu coração, essa torcida. Muito obrigado por tudo, só tenho a agradecer eu e minha família. É muito graitificante ser recebido desta maneira. Não era a saída que eu queria, da maneira que foi, mas foi bom. Tenho passado por algumas dificuldades, tenho feito infiltrações para poder jogar. Neste último ano de contrato, não ajudar da maneira que gostaria, acho que é um momento de dar uma parada, em comum acordo com a diretoria, com o presidente, meu empresário, acho que era o momento de dar uma pausa, me recuperar e pensar se ano que vem volto a jogar. Mas o Grêmio vai ficar na minha história, foi o melhor momento da minha carreira, onde mais conquistei títulos, e isso não tem preço — disse o volante.

O volante irá nesta terça-feira ao CT Luiz Carvalho para acertar os últimos detalhes de sua saída do Grêmio e se despedir dos companheiros. Aliás, citar esse contato com os ex-colegas foi o momento que emocionou Maicon no aeroporto. Ele também pediu apoio para o Grêmio deixar a zona de rebaixamento.

"É gratidão. Vou amanhã (terça) ao clube me despedir dos companheiros (chora). Muita gente me mandando mensagem, me agradecendo, só tenho que agradecer, o que posso pedir é apoio aos companheiros, esse segundo turno vai ser diferente e vamos sair dessa", disse.

Em outro momento da manifestação, Maicon também reiterou a vontade de ser treinador e retornar ao Grêmio no futuro, como já havia falado em entrevista exclusiva ao ge. O volante inclusive chegou a citar o técnico Renato Portaluppi, que o comandou entre 2016 e 2020 no clube, como exemplo para fazer história como atleta e técnico.

"Que eu possa voltar e fazer como o Renato fez, fez história como jogador e treinar. Isso me deixa feliz, ver uma criança, senhores de idade recohecendo o que fiz pelo clube. Ficará marcado para sempre na minha vida e da minha família, dos meus amigos. Agradecer a todos no clube, presidente, Felipão, com ele cheguei e agora saí, agradecer ao Renato pela parceria nestes anos todos, com títulos e muita alegria" disse Maicon.

Em Porto Alegre após período com a família no Rio de Janeiro, Maicon deve conceder uma entrevista coletiva ainda nesta semana. O jogador ajusta os detalhes com seu estafe para decidir a data e horário da manifestação.

Maicon deixou o clube após seis anos e meio. O capitão e volante do Grêmio foi personagem das conquistas da Copa do Brasil de 2016 e da Libertadores 2017, além da Recopa Sul-Americana e de quatro Gauchões.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias